21 de abril: Dia do Metalúrgico

Assim como o 1 º de Maio, o dia 21 de abril é uma data muito representativa e reflexiva para nós metalúrgicos. Ainda mais quando se trata da conjuntura trabalhista na qual estamos inseridos. Além de celebrarmos a importância que a categoria teve e ainda tem para o processo de desenvolvimento econà´mico do Brasil, o Dia do Metalúrgico também é uma oportunidade de relembrarmos as nossas lutas e conquistas.

No Brasil, cerca de 2 milhões e 400 mil formam a categoria metalúrgica. Um setor que é referência em todos os aspectos, mas que vem sendo ameaçado pelas recentes mudanças nas leis trabalhistas. Mesmo assim, graças à  herança histórica dos metalúrgicos, a capacidade de mobilização da categoria impede que os desmontes de direitos afetem as relações trabalhistas por um certo período, afinal, toda negociação tem um prazo de vigência e precisa passar por atualizações. São nesses momentos que a união se acentua e fortalece o poder dos metalúrgicos.

Agora temos um novo obstáculo: a reforma da Previdência. Será uma batalha dura, mas faremos questão de afirmar que nenhuma medida será imposta à  nós. Iremos propor alternativas nas quais os trabalhadores não sejam afetados, e que políticos e militares não sejam acobertados. Queremos uma Previdência transparente e universal !

A categoria metalúrgica está aí, nos quatro cantos do país. São homens e mulheres com punhos de aço, que a ferro e fogo, derramam suor para garantir o progresso pessoal, da família e de toda a categoria. Parabéns a todos os metalúrgicos que trabalham duro para engrenar o nosso Brasil.

 

Eliseu Silva Costa

Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí, Várzea e Campo Limpo
Presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo

Conheça a  HISTà“RIA DO SINDICATO DOS METALàšRGICOS DE JUNDIAà, VáRZEA PAULISTA E CAMPO LIMPO PAULISTA  

Astra Website Security