PLR e Campanha Salarial pautam assembleia na Siemens

Na manhã desta terça-feira (28), o Sindicato realizou uma assembleia na Siemens, em Jundiaí, com o objetivo de reivindicar mudanças na aplicação da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) dos setores HP e MS da empresa. Durante o ato, os sindicalistas apresentaram detalhes sobre as negociações diretas da Campanha Salarial 2017. 

 PLR 

No ponto de vista dos sindicalistas, as aplicações do PLR nos setores de HP e MS não condizem com os princípios de igualdade e transparência. Foi constatado que os companheiros que exercem a função administrativa e produtiva dos dois setores e de outros departamentos, receberiam valores diferentes mesmo trabalhando no mesmo setor.

“O método de aplicação da Siemens é extremamente complexo, são muitos setores diferentes, e para que possamos ter um PLR justo, coerente e que tenha o entendimento de todos, é necessário que pelo menos um representante de cada setor participe da comissão nas negociações. O PLR da Siemens precisa ser mais enxuto, transparente e não desfavorecer setores e nem funções, sejam da produção ou da administração, pois todos trabalharam para um mesmo objetivo e resultado”. reivindicou o diretor sindical, Luis Carlos de Oliveira (Lú). 

A vice presidente do Sindicato, Rose Prado, fez um apelo aos trabalhadores para que mantenham-se unidos nesse momento para que seja possível obter bons resultados nas negociações do PLR. “É importante lembrar que no ano passado nós estivemos aqui para tratar deste mesmo impasse em outro setor. Precisamos estar juntos e acompanhar tudo de perto, pois não iremos aceitar que os trabalhadores sejam tratados de forma diferente”, disse a vice presidente. 

As reivindicações apresentadas durante a assembleia serão encaminhadas ao Ministério do Trabalho. 

 

Campanha Salarial 

O grupo patronal de negociação no qual a Siemens faz parte, ainda não apresentou nenhuma proposta salarial. A multinacional possui grande influência nas negociações, por conta disso, os sindicalistas fizeram um apelo para que os representantes da Siemens na negociação salarial apresentem uma proposta convincente e com uma aplicação que atenda as necessidades dos trabalhadores. “Sabemos que a Siemens é participativa na negociação, por isso estamos aqui fazendo esse apelo. Estamos em plena vigência de uma Reforma Trabalhista, e além dos salários, também precisamos defender os direitos que foram conquistados ao longo da história”, disse Lú. 

 

Assuntos internos

Os diretores de base Francisco de Assis Pereira e Luciano Mendes Teodoro (Batatinha), voltaram a falar sobre casos de abuso moral por parte de algumas lideranças. “Voltamos a ouvir dos companheiros muitas reclamações envolvendo o comportamento abusivo de lideranças. Não é a primeira vez que isso ocorre, nós estamos atentos e vamos fazer o possível para combater esse tipo de comportamento. E claro, levaremos até a empresa, pois sabemos que a Siemens não irá compactuar com esse tipo de ação abusiva”, disse Pereira. 

Também marcaram presença na assembleia os diretores sindicais José Carlos Cardoso (Mineiro), Wilson Ribeiro (Med), e dos diretores de base, Daniel Silva e Willian Pereira Reis. 

 


Compartilhe este post

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *