PLR é aprovado na BBosch

Os companheiros  da BBosch, em Jundiaí, aprovaram o programa de Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de 2018. A participação ativa da comissão, com apoio do Sindicato, garantiu um reajuste no valor da remuneração. O montante será repassado aos trabalhadores em parcela única, prevista para o mês de dezembro.

Na ocasião, os trabalhadores também votaram pela adoção  das cláusulas sociais da Convenção Coletiva de Trabalho do Grupo 19-3.  A alternativa foi tomada pelo fato do grupo 10, ao qual a BBosch pertence, não ter concluído negociação na data base 2017. 

Acompanhada dos diretores de base, Daniel Silva e Leandro Reis, a vice-presidente do Sindicato, Rose Prado, elogiou os trabalhadores que formaram a comissão de negociação da PLR. “Nós, do Sindicato, parabenizamos cada membro da comissão pela dedicação na elaboração do plano. Foi possível obter o reajuste e ainda incluir indicadores específicos, que se seguidos à risca, podem melhorar o valor da remuneração”, explicou a vice-presidente. 

Proteção ao trabalhador

Durante a assembleia, o diretor sindical Luis Carlos de Oliveira (Lú) falou sobra a importância de se adotar uma Convenção de Coletiva de Trabalho. “Agora os trabalhadores da BBosch estão protegidos por mais de 87 cláusulas que garantem direitos básicos. Além disso, com a adoção das diretrizes do grupo 19-3, os trabalhadores não serão afetados pelas ameaças da nova lei trabalhista”. 

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *