Siemens: Sindicato ressalta a importância das relações trabalhistas

Representantes do Sindicato realizaram um ato na manhã desta terça-feira (18) na Siemens, em Jundiaí, com a intenção de apontar assuntos trabalhistas e dar detalhes sobre o resultado da Negociação Coletiva de 2018. 

Entre as diversas questões trabalhistas tratadas durante a ação, os sindicalistas destacaram a relação do departamento de RH com os trabalhadores. Os diretores sindicais receberam reclamações de companheiros que consultaram o RH para resolver pendências.

Atualmente, o departamento de RH da Siemens é terceirizado. No entendimento dos sindicalistas, esse fator vem trazendo impactos negativos nas relações trabalhistas dentro da empresa. Foi constatado que alguns trabalhadores  tiveram suas solicitações de atendimento encaminhadas para um escritório da empresa contratada na Costa Rica.   

“O trabalhador está sentindo na pele como é ter as relações de trabalho prejudicadas. O trabalhador não será bem atendido, pois são  pessoas que não conhecem as nossas leis trabalhistas o os pontos da nossa Convenção Coletiva que estão tomando decisões.”, explicou Luís Carlos de Oliveira (Lú), ao lado da vice-presidente Rose Prado, e dos diretores de base, Luciano Mendes Teodoro e Franscisco de Assis Pereira. 

Negociação Coletiva 

O resultado alcançado na Negociação Coletiva de 2018, foi apresentado pelo presidente do Sindicato e da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo (FEDMETALSP), Eliseu Silva Costa. O presidente ressaltou a importância da união entre sindicato e trabalhadores para obter avanços para a categoria. “O acordo coletivo do Grupo 2, no qual a Siemens se enquadra, foi assinado na semana passada. Além de obter a reposição da inflação com aumento real, também conseguimos renovar a Convenção Coletiva, um documento sagrado para todo trabalhador”, disse. 

Eliseu também falou sobre conscientização em torno dos direitos trabalhistas. “Para mostrar a importância da luta coletiva, estamos elaborando um material explicativo com um comparativo da Convenção Coletiva com a nova lei trabalhista. O objetivo é trazer informação aos trabalhadores e mostrar o quanto a nossa Convenção é essencial para garantir a nossa integridade”, explicou.