Trabalhadores em greve na Alpino

Os trabalhadores da Alpino, em Jundiaí, decidiram entrar em greve por tempo indeterminado na manhã desta quinta-feira (12). Os companheiros reivindicam melhorias nos planos de saúde e odontológico, melhor gestão no transporte fretado e reajuste na cesta básica. A única exigência dos trabalhadores que obteve avanços nas negociações foi o acerto de cargo e salário, que contemplou 16 companheiros. 

O Sindicato iniciou uma assembleia por volta das 7h30. Acompanhado dos diretores de base César Camargo, Noel Rezende e Renato da Costa, o diretor sindical, José Carlos Cardoso (Mineiro), apresentou as propostas elaboradas pela Alpino. Devido ao reajuste abaixo do esperado na cesta básica e a falta de diálogo as pautas de plano de saúde, plano odontológico, adiantamento do aumento salarial e transporte, os companheiros cruzaram os braços. 

“Ficaremos do lado de fora da Alpino aguardado um posicionamento. Sabemos da complexidade das pautas, mas o trabalhador não pode ser afetado por um acúmulo de erros da empresa. Continuamos aqui, sempre abertos ao diálogo”, declarou Mineiro. 

Mobilização

Com apoio do Sindicato, os trabalhadores da Alpino realizaram um protesto em 21 de março reivindicando melhorias nos benefícios. O ato, foi presidido por Mineiro e durou cerca de duas horas. 

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *