Sindicato faz apelo por união e mobilização aos companheiros da Neumayer Tekfor e Böllhoff

Com o objetivo de informar os trabalhadores sobre os rumos do movimento sindical e da categoria metalúrgica, o Sindicato continua marcando presença nas empresas. Na manhã desta terça-feira (13), os sindicalistas realizaram um ato de conscientização com os companheiros da Neumayer Tekfor e da Böllhoff, em Jundiaí. 

Os diretores de base, Noel de Souza Rezende e André Rubens da Silva (Latino), lembraram de situações nas quais a mobilização dos trabalhadores, junto ao Sindicato, renderam bons resultados. “Todos nós recebemos PPR, cesta básica e outros benefícios. Tudo que conseguimos aqui foi conquistado por meio de muita luta e negociação. A empresa vem preparada para as negociações, ela possui uma estrutura. E nós temos que ir preparados também, temos a nossa estrutura, que é o Sindicato, e sempre obtivemos bons resultados, o nosso PPR serve de exemplo”, disse Latino. 

Ao lado dos diretores sindicais, José Carlos Cardoso (Mineiro) e Natanael Onofre Matias (Caé), o presidente do Sindicato, Eliseu Silva Costa, fez um breve balanço sobre a atuação das entidades sindicais diante das reformas impostas pelo atual governo.  Além disso, o presidente fez um apelo pela conscientização e ressaltou que somente com união, mobilização e contribuição de cada trabalhador será possível  garantir a dignidade da categoria. “Mesmo com a reforma trabalhista, fomos lá e lutamos pela nossa Convenção Coletiva de Trabalho na nossa data-base. Ela garante os direitos básicos dos trabalhadores metalúrgicos. No caso da Reforma da Previdência, o nosso movimento marcou presença na Avenida Paulista e em Brasília. Pressionamos muito e por conta disso o  governo adiou a votação. Com a chegada da contribuição sindical voluntária, devemos analisar qual o sindicato que queremos e contribuir com isso para nos mantermos fortes, combativos e atuantes”, disse Eliseu. 

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *