Movimento Sindical debate relações trabalhistas e define ações intersindicais

Dirigentes do Movimento Sindical Unificado de Jundiaí e Região se reuniram na manhã de ontem (4), na Sede do Sindicato dos Metalúrgicos, para debater as relações trabalhistas e as próximas atividades do movimento. Advogados das entidades que formam o Movimento Sindical também marcaram presença e apresentaram um ponto de vista jurídico sobre as pautas debatidas. 

A defesa dos direitos trabalhistas foi o foco principal dos sindicalistas e advogados, ficou definido que as próximas ações do Movimento será em torno dessa pauta. No feriado de 7 de Setembro, Movimento participará do “Grito dos Excluídos”, às 15h, na Praça da Catedral Nossa Senhora do Desterro. A ação procura mobilizar as pessoas a participarem das lutas para a garantia dos direitos. 

Os sindicalistas também irão divulgar e dar apoio ao “Ato Nacional  do Movimento Brasil Metalúrgico”, que está marcado para o dia  14/09. Além disso, o Movimento retomará a coleta de assinaturas contra a Reforma da Previdência e acompanhará o projeto de lei de autoria do Senador Paulo Paim (PT-RS), que cria o “Estatuto do Trabalho”. 

“O rolo compressor do governo está aí passando por cima dos direitos dos trabalhadores. Porém estamos incansavelmente buscando estratégias de combate e trabalhando em união com todas as categorias para que juntos possamos vencer esta guerra”, declarou o diretor do Sindicato, Wilson Ribeiro (Med), que também é membro do Movimento Sindical Unificado de Jundiaí e Região. 


Compartilhe este post

0 Comments

    No comments!

    There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

    Leave reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *