Ministro do TST diz que é preciso reduzir direitos para garantir empregos

O ministro do TST (Tribunal Superior do Trabalho), Ives Gandra da Silva Martins Filho, afirmou em entrevista publicada ontem (6) na Folha de S. Paulo que é preciso reduzir direitos para garantir empregos. “Nunca vou conseguir combater desemprego só aumentando direito”, disse ele à repórter Laís Alegretti. 

Admirado por Michel Temer, Gandra ocupa o mais importante cargo da Justiça do Trabalho. Seus argumentos indicam um futuro sombrio para a classe trabalhadora: além da extinção de direitos, a precarização da Justiça do Trabalho. Para o ministro, que não faz jornada intermitente ou trabalha terceirizado, a reforma trabalhista quebra a rigidez da legislação e dá segurança jurídica às empresas.

As novas leis trabalhistas entram em vigor esse mês e acabam com muitos direitos dos trabalhadores. CLIQUE AQUI e leia a entrevista completa


Compartilhe este post

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *