Integridade acima de tudo !

JANEIRO, 2019 – O ano que passou foi repleto de grandes desafios para todos os trabalhadores. Após pouco mais de 12 meses da reforma trabalhista, a classe trabalhadora não obteve avanços. Segundo dados do IBGE, cerca 12,8 milhões de pessoas amargam o desemprego. Contratos intermitentes com salários precários já são realidade em algumas categorias.

Para nós, metalúrgicos, a realidade é um pouco diferente. Graças ao nosso poder de mobilização durante a Negociação Coletiva, além dos 5% de aumento, conseguimos atualizar e garantir uma Convenção Coletiva Trabalho (CCT) que protege os trabalhadores metalúrgicos de todos os pontos inseguros da nova lei trabalhista.

Mesmo com todas as garantias previstas pela CCT, o trabalhador metalúrgico terá que adotar o que podemos chamar de “mobilização contínua”. Sim, pois durante o ano temos que reivindicar, defender direitos básicos, formar comissões de PLR e garantir a integridade da categoria nas Negociações Coletivas. Isso é mobilização. E o Sindicato está aqui para dar apoio, caro companheiro.

Devemos ficar atentos à reforma da Previdência, afinal, o governo sinalizou que não está disposto a debater com setores trabalhistas. Por essa razão, devemos fazer valer o nosso ponto de vista em um debate amplo por uma Previdência sem privilégios.

A “mobilização contínua” do trabalhador também consiste em se informar, dialogar, ficar atento com tudo o que acontece no universo trabalhista. Para isso, o companheiro pode contar com as nossas ferramentas de comunicação: dos diretores de base ao site do Sindicato. Lembre-se, trabalhador bem informado é trabalhador respeitado.

Contem sempre conosco, companheiros. A luta continua!

Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí