Continental: sindicalistas pedem união entre os trabalhadores

Um novo ato de conscientização foi realizado pelo Sindicato na tarde desta quarta-feira (7). Dessa vez, a ação mobilizou os companheiros da Continental, em Várzea Paulista. 

O diretor de base, Marcos Carvalho Eugênio, iniciou o ato dando ênfase nas reivindicações dos trabalhadores da Continental. “Os nossos companheiros estão com um ritmo produtivo considerável, muitos estão fazendo hora extra, mas ainda não foram contemplados pela política de cargos e salários. Quase sempre nós somos cobrados por isso e não é de hoje encaminhamos essa reivindicação para a empresa”, disse. 

O metalúrgico lembrou de problemas que foram solucionados após exigências dos trabalhadores apoiadas pelo Sindicato. “Tivemos melhorias significativas no setor de fundição. A infraestrutura melhorou, para trabalhar está melhor e segue o mesmo padrão do setor de montagem e de usinagem”, explicou Eugênio ao lado dos companheiros de diretoria Aparecido Fernandes Chagas (Cidão), Marcos Antonio Pereira e Renato da Costa. 

Trabalhadores e entidade sindical

Ao lado da vice presidente, Rose Prado, e dos diretores sindicais, Luís Carlos de Oliveira (Lú) e Wilson Ribeiro (Med), o representante sindical Eléscio Caldato,  ressaltou a importância da união e contribuição dos trabalhadores, por meio da entidade sindical, para enfrentar os impasses que poderão surgir futuramente com a nova lei trabalhista. “É uma ofensiva patronal que está buscando nos enfraquecer, mas nós não vamos nos calar. Nós buscamos um Sindicato cada vez mais forte para ter um poder maior de enfrentamento, e está nas mãos de nós trabalhadores os progressos da nossa entidade e da categoria. Tudo que conquistamos até hoje foi por causa da nossa luta coletiva e não por bondade dos patrões”, declarou Eléscio.  

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *