Brasimet em estado de greve

Na tarde desta quinta-feira (8), em assembleia realizada pelo Sindicato, na empresa Brasimet, em Jundiaí, os trabalhadores votaram pelo estado de greve por conta do atraso salarial. A empresa deveria ter efetuado o pagamento no dia 5 de fevereiro. Caso a Brasimet não regularize as pendências, até amanhã (9), a produção será interrompida a partir de segunda-feira (12) até que o pagamento seja feito.

Representantes da  empresa alegam que o atraso no pagamento foi consequência  um desajuste na conta bancária da empresa. 

O diretor sindical, Luis Carlos de Oliveira (Lú), conversou com o departamento financeiro da Brasimet. Lú informou que a empresa se comprometeu em realizar o pagamento nesta sexta-feira. “A empresa pediu o prazo, pois alegou que o atraso não ocorreu por falta de dinheiro e sim por causa de um impasse envolvendo uma transação bancária. O trabalhador deu o voto de confiança. Estamos acompanhando o caso, se empresa não se comprometer a pagar os trabalhadores, nós faremos a greve imediatamente”, disse Lú ao lado da vice presidente do Sindicato, Rose Prado, e do diretor de base, Leandro Reis. 

 

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *