Acordo na Brasimet garante proteção contra a reforma trabalhista

Em assembleia realizada na tarde desta terça-feira (8), na Brasimet, em Jundiaí, os companheiros votaram pela adoção do reajuste salarial e das cláusulas sociais da Convenção Coletiva de Trabalho. A decisão foi tomada pelo fato do grupo 10, ao qual a Brasimet pertence, não ter concluído negociação na data base 2017. 

Com a adesão, os companheiros da Brasimet estão protegidos por mais de 87 cláusulas que garantem direitos básicos. O acordo tem a adoção das diretrizes do grupo 19-3 que garante que os trabalhadores não sejam afetados pelas ameaças da nova lei trabalhista. “Já havíamos negociado com a empresa a reposição da inflação e os abonos salariais, só que o mais importante era garantir as cláusulas sociais que impedem a aplicação de pontos da Reforma Trabalhista.”explicou o diretor sindical, Luis Carlos de Oliveira (Lú), ao lado da vice presidente do Sindicato, Rose Prado. 

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *